by angel

"Tudo que me inspira e encanta! <3"

Retrocedendo? Será?

Estrelinha feliz!

Essa última sexta eu eu more fomos a uma pizzaria lá no Shopping Nova América para comemorar o aniversário do marido de uma amiga de trabalho dele. Tudo muito divertido, comi horrores #exagerada e rimos bastante. Mas sempre tem aquele momento “perola da noite“. rss

No final da noite, quanto todos nós já estávamos nos preparando psicologicamente pra pagar a conta e voltar pra casa, a irmã aborrecente da tal amiga de trabalho do more, meio que indignada pergunta se poderia perguntar uma coisa para nós mulheres que estávamos ainda alí na mesa. “Porque raios vocês mulheres depois de adultas decidem retroceder a vida de vocês?” É… oi? Ham? Cuma? hauhauahau Não entendemos a pergunta, então ela pergunta novamente. “Porque voltam a usar imagenzinhas de hello kitty no celular? Porque voltam a assistir desenhos em vez de filmes sérios e adultos?” hauhauahauhauahaua E quem é que estava usando um papel de parede da Hello Kitty heim heim? Eu, claro! É bem provável que a doce menina tenha ficado indignada por causa disso. Eu juro que sai de lá deprimida! xD

Na hora ficamos tão em choque com a pergunta da menina, que não respondemos nada, mas na fila para pagar a conta no caixa, eu e a esposa de um outro amigo do trabalho do more ainda estávamos rindo de nervoso, mas comentei com ela que se ela falou isso por causa de um papelzinho de parede da Hello Kitty, imagina o que ela falaria se visse todas as Hello Kitty que eu tenho, mas a minha modesta coleção de dolls entre outras babozeiras infantis mais que eu tenho guardado em casa ou na mesa do meu trabalho? hahahahaha

Estrelinha feliz!

Foto nada a ver, só pra constar mesmo! Tirada por mim e postada no Instagram

Mas enfim, é engraçado ver como fomos na adolescência revoltados com os adultos que queriam voltar no tempo. Mas a verdade é que após os 25 anos, ser adulto perde a graça e nós passamos a desejar voltar aos 18 e nunca mais envelhecer! rss

Saí de lá com a sensação que o tempo não perdoa, que ele passa tão rápido e que quando esse tipo de coisa acontece é porque estamos ficando velhos mesmo! Posso está errada, mas acho que enquanto eu não passar dos 30 anos, eu vou ficar resmungando que estou ficando velha o tempo todo! xD

Um brinde então a nós que passamos dos 25 e não vemos a hora de inventarem a máquina do tempo pra voltar aos 18 anos! ;)

por: angélica tavares
31 comentários
Em: 3 de setembro de 2011
Tags: , .

Talvez você goste também...

    • Paula comentou em: 5 de setembro de 2011

      “Mas a verdade é que após os 25 anos, ser adulto perde a graça e nós passamos a desejar voltar aos 18 e nunca mais envelhecer!”

      Esta é a hora que eu comento que ser adulto já perdeu a graça a uns dois anos e eu ainda nem fiz 25. Me mato agora ou depois?! hauehaue

      Não acho que seja um retrocesso, e sim uma libertação. Somos muito auto-conscientes quando novos, temos essa necessidade de ser gente grande e o medo de nos verem como pirralhos, pois claro que já somos super maduros #NOT.

      Chega uma idade que caímos na real e admitimos nossos gostos. E daí se eu jogo video-game? E daí se eu amo o Elmo da Vila Sésamo? E daí se eu coleciono Hello Kitty ou papel de carta? Pagamos nossas contas, trabalhamos feito condenados, o mínimo que nos resta é essa libertação, não? :)

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      Foi quando fiz meus 25 que a ficha caiu. E acho que pra maioria é assim né? Acho que só os homens que não reclamam muito nessa questão. A não ser quando começam a ficar carecas! xD

      Mas enfim, é isso mesmo que você disse. Trabalhamos feito condenadas, acho que temos direito de inverter um tico as coisas e nos divertir um pouco não é?

      Beijokas!

      responder

    • Luana comentou em: 5 de setembro de 2011

      Ahhh mas oq é isso gente??? Essas aborrecentes são fogo viu, se acham na razão para tudo! Mas é que vcs duas ficaram sem ação mas eu no lugar de vcs iria falar um monte..com educação é claro, mas eu com 25 a um mes de completar 26 ainda me sinto criança eterna e sei que quando chegar aos 30 vou continuar a mesma pessoa,adorando assistir desenhos,adorando coisas fofas!

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hehehehe… criança é fogo! Eu também acho que nunca vou deixar de ser criança… rsss

      Beijokas Lu!

      responder

    • Gabriela comentou em: 4 de setembro de 2011

      Olha Angel, esse é um assunto que eu me questiono sempre que vejo uma menina usando Melissa ou bolsa da Betty Boop. Eu, particularmente, concordo com a adolescende em questão: acho que chega uma hora que você vira adulto, vive as responsabilidades adultas e tudo mais, mas nessa parte muitas pessoas ainda se vestem e usam coisas de adolescente. Não condeno quem usa coisas da hello kitty, quem gosta e tem adoração, é uma forma de expressar que somos adultos mas ainda temos um lado adolescente/criança que é positivo e presente em todo ser humano.

      Eu não gosto de hello kitty, de betty boop, de melissas e essas coisas, pois não faz o meu estilo.

      Beijos.

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      É claro que qualquer coisa em exagero não é legal, mas eu acho que dá pra se manter adulto com as suas responsabilidades sem perder a essência de criança que todos nós temos. Agora, também tem a questão do gosto. Cada um sabe do que gosta e o que te dá prazer em usar não é?

      Beijokas!

      responder

    • Jess comentou em: 4 de setembro de 2011

      aiaiai eu tenho 20 e continuo adolescente… ehehehe
      as pessoas dizem que eu tenho que crescer um pouco, que esse negocio de colecionar dolls e ficar ouvindo música de EMo não dá mais!! kkk Mas eu nem ligo… sou o que sou e só mudo qdo quiser!

      curti o post ;-)

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hahahahaha… Isso aí jess! Muda não, seja feliz do jeito que você é viu? :D
      Acho que cada uma de nós temos uma essência diferente né? Acho legal adultos terem seus brinquedos, suas babozeirinha infantis. Gostarem de uma música de uma banda mais jovem… acho que faz parte mesmo!

      Beijokas!

      responder

    • Ana Martins comentou em: 4 de setembro de 2011

      Oi… Eu ainda não cheguei nessa fase dos 25 anos. Mas de certa forma, estou no mesmo barco que você. Então… cadÊ a máquina que vai fazer eu voltar no tempo, hein?! rsrs

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hehehehehe… kd kd? Se você encontrar me avisa? rsss Eu te aviso se eu encontrar! \o/
      Beijokas!

      responder

    • Bih comentou em: 4 de setembro de 2011

      Olá Angélica!
      Eu tenho dezessete, vou fazer dezoito e já me sinto velha, rs. Imagina quando eu tiver vinte e cinco? D:
      Entretanto, creio que mesmo atingindo certa idade, não devemos parar de gostar de certas coisas só porque elas não são ideais para a nossa idade.
      Lembre-se: Todo adulto tem uma criança dentro de si!
      Beijos!

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      São poucas pessoas na sua idade que eu vejo falar isso, que já se sente velha… hehehe Quando eu falo pra minha mãe que já me sinto velha ela briga comigo… hahahahaha
      Concordo contigo, todo adulto tem uma criança dentro ti, até porque nós precisamos disso pra viver melhor não é? Seriedade demais nunca é bom… =/

      Beijokas!

      responder

    • Mônica comentou em: 4 de setembro de 2011

      Que menina revoltada essa, ahahahahhaha…
      Ela acha que só ela pode usar coisas infantis é? Que bobagem! Eu mesma tenho 21 anos e ainda tenho muita coisa da minha adolescência que eu não troco por nada nesse mundo. E sabe do que mais?
      A seriedade da vida adulta cansa de vez em quando, é bom das umas escapadas pro passado, hehehehe

      Bjs *_*

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hahahaha… você não tá entendendo mônica, a menina era muito séria pra idade dela. Pelo que ela diz tudo que ela tem nada é infantil assim. Tudo bem que eu duvido né? Mas ela era aquele tipo de adolescente que quer ser logo adulta sabe? Mal ela sabe que quando ela for adulta vai pedir pelo amor de Deus pra voltar as 15 ou 16 anos dela… rsss

      Beijokas!

      responder

    • tamara comentou em: 4 de setembro de 2011

      Eu acho que não houve retrocesso no meu caso porque eu nunca deixei de gostar dessas coisas xD
      Eu morria de medo de chegar aos 30, era como se a partir dessa idade eu não pudesse mais gostar das coisas que eu gosto e começasse a envelhecer de verdade.
      Mas eu sou MUITO mais feliz aos 31 do que aos 18. Sou muito mais segura com o que eu sou e quero pra mim e não trocaria isso por nada.
      Quando você chegar lá, tenho certeza que vai me dar razão :)

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      É engraçado como agente tinha medo de chegar aos 30 não é? Eu também sempre tive esse receio. Mas ao mesmo tempo que eu queria sair do 18 logo, eu não queria de jeito nenhum passar dos 30. Hoje vejo que é bobeira! hehehehe

      Beijokas!!! =*****

      responder

    • Vany comentou em: 4 de setembro de 2011

      karaka…eu retrocedi então…kakakakaak…sabe q eu nunca tinha pensado nisso? a doce menina fez uma pergunta muito verdadeira!

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      Mas é o mal de criança, elas são tão verdadeiras que sempre soltam essas perguntas que agente nunca parou pra nos perguntar não é Vany? Mas no caso dela, ela é igual a irmã dela, super crítica! Está sempre analisando tudo… aí sai essas perolas que deixam agente sem ação! xD

      Beijkas!

      responder

    • Prisla comentou em: 4 de setembro de 2011

      Eu acho isso meio nostalgia, todo mudo é assim. Homens com videos game, quadrinhos, animes…
      É como se a gente valorizasse o que nos fazia felizes.
      Imagina se essa menina visse minha coleção da Pucca rs …

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hahahahahaha… com certeza é nostalgico! Iguais a mim existem várias! Não estamos sozinhas não é? rsss

      Beijokas!

      responder

    • Babee comentou em: 4 de setembro de 2011

      Concordo em termos com a indignação da menina, mas é em relação as pessoas adotarem atitudes contrárias a sua idade, não deixar extrapolar pro ridículo, sabe? Uma coisa é você gostar de HK e ter uma foto dela no seu celular, outra coisa é você viver no mundo da HK! huaheauhe

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hauahuahauahaua… mas se agente não chegar ao ridículo qual é a graça? #brincadeirinha!
      Mas a menina era meio revoltada mesmo ! Sabe aquela adolescente que se faz de machona e adulta? rsss Um dia ela muda de ideia!

      Beijokas!

      responder

      Prisla respondeu: respondeu:

      @Angélica Tavares, A gente sempre muda! Depois faz cara de “como eu boba “

      responder

    • Patricia comentou em: 4 de setembro de 2011

      quotando a vivi…
      “Quando eu tinha 14, 15 anos me imaginava super adulta com 25 anos, de usar roupa social, estar casada e planejando ter filhos. ”

      exatamente assim.
      engraçado como as pessoas tem me perguntado que raios anda acontecendo que eu tenho ficado fofinha e menininha. coloridinha. até me lembrou o caso das estrelinhas de papel, igual a da sua foto… eu leve umas fitas de patterns coloridos pra fazer as estrelinhas num aula mto chata, e todo mundo ficou em cima e mim pq eu tava fazendo algo fofinho, coloridinho. justo eu, que a 3 anos atrás era moleca de falar de futebol e cerveja de fim de semana.

      to com 24 anos e acho que na realidade não é um retrocesso. mas acho que algmas coisas só apreciamos de verdade e sinceramente após uma certa idade, após viver um pouco da vida adulta e levar uns tapas na cara do mundinho responsavel e social.

      realmente to apreciando mto fortalecer esses gostos menininha!
      dignissimo post. amei.

      ps: peguei um vidro vazio e nescafé, dos grandes, e to enxendo com as estrelinhas. :} tão charmoso!

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      Mas também acho que tem muito a ver com a nossa época viu? Hoje em dia as lojas vender blusas da Pucca, Hello Kitty, Tinker Bell entre outros personagens infantis em seções de adulto. Acho que a mentalidade dos adultos está mundando mesmo, está se entregando mais, se livrando dessa coisa de que tem que ser sério o responsável apenas. Eu não consigo me ver de outra forma como sou hoje. Brinco com o noivo dizendo que quando tivermos nossos filhos vai ser difícil dividir os brinquedos com eles… hauahuahaua
      Imagina só que confusão? xD

      Beijokas linda! =****

      responder

    • Lusinha comentou em: 4 de setembro de 2011

      Eu teria respondido na hora pra ela (encrenca, hehehehe): quem disse que crescer e tornar-se adulto significa abrir mão das coisas que gostamos? ;)
      Bjitos!

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      Boa Lusinha! rsss Mas eu fiquei se ação na hora, fomos pegas de surpresa mesmo. hehehehe

      Que bom te ver por aqui! Saudades dos seus posts viu? Tenho tentando acessar seu blog, mas não tenho conseguido. =|

      Beijokas!

      responder

      Lusinha respondeu: respondeu:

      @Angélica Tavares, Obrigada Angel. Saiba que minha falta de escrever é algo pior ainda pra mim, mas, por enquanto, é assim que as coisas devem ficar.
      Obrigada pelo carinho mesmo assim. É bom estar longe e ouvir isso de vez em quando. ;)
      Se não lhe contei essa parte ainda, os feeds nunca deixo de ler. Demoro, mas vez ou outra tenho o prazer de ver o marcador marcar menos de 100 itens não lidos… hehehehe
      Bjitos!

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      Oh lusinha querida! Fico aqui torcendo pra que logo logo você volte a escrever viu? =]
      Bom saber também que você está sempre que pode por aqui, são poucos blogueiros de uns anos pra trás que vejo ainda por aqui mesmo sem está blogando. Fico feliz mesmo! ^^

      Beijokas linda! =****

      responder

    • Vivi comentou em: 3 de setembro de 2011

      Quando eu tinha 14, 15 anos me imaginava super adulta com 25 anos, de usar roupa social, estar casada e planejando ter filhos. Daqui 3 meses faço 26 e não consigo me imaginar casada. Adoro coisas fofas, tenho loucura por bichinhos de pelúcia, Hello Kitty, coisas rosas. Outro dia um amigo deu a definição perfeita para mim: kidult. Ou seja: uma adulta meio criança.

      Demorei para aceitar que eu sou uma Kidult, que ficar querendo parecer adulta não era pra mim. Hj acho que sou mais feliz e talvez minha hora de me sentir como adulta chegue lá pelos 30 rs

      =**

      responder

      Angélica Tavares respondeu: respondeu:

      hahahahaha… eu também tinha a mesma imaginação. xD Na verdade, aos 18 eu tinha planos de aos 25 ter meu primeiro filho… mas nada deu certo pra isso acontecer. rs

      Eu acredito que nunca deixarei de ser essa eterna criança. Mas acho que depois dos 30 eu vou parar de resmungar que estou ficando velha… Ou pelo menos vou me conformar! xD

      Beijokas em ti Vivi! =****

      responder